comunidade-carente-camboja

Leonardo Vitorino se emociona ao ministrar clínica de futebol em comunidade carente do Camboja


Futebol Internacional

Leonardo Vitorino se emociona ao ministrar clínica de futebol em comunidade carente do Camboja.

A relação entre o técnico Leonardo Vitorino, o torcedor e amante do futebol no Camboja é bastante estreita, por isso, quando acertou o seu retorno a esse país, agora para comandar o Phnom Penh Crown FC, o brasileiro já incluiu ações sociais ao seu trabalho. E a primeira delas aconteceu nesta terça-feira (30 de outubro), na Ilha Koh Sdach, que recebeu uma clínica de futebol.

“Fizemos uma clínica de futebol para a comunidade da ilha Koh Sdach e também proferimos palestras sobre meio-ambiente. Fiquei emocionado com a oportunidade de levar alegria e fazer o dia destas crianças, que residem em uma área bastante carente, um pouco mais feliz”, relatou Vitorino.

“Além disso, o Phnom Penh Crown FC doou várias bolas para a comunidade local”, complementou Leonardo.

Na temporada de 2017, Vitorino, de 44 anos (23 de novembro de 1973), comandou o selecionado nacional do Camboja, conquistando resultados inéditos e históricos. Por conta disso, ganhou o carinho e o respeito do torcedor local.

“A minha relação com o torcedor do Camboja sempre foi muito boa, em todos os jogos que fiz no comando da seleção nacional deste país, o estádio estava sempre lotado, com os presentes nos apoiando bastante. É uma alegria voltar a ter contato com estes torcedores”, comentou Leonardo.

Também na Ásia, em 2016, o brasileiro comandou o Lanexang United, do Laos, conquistando 23 resultados positivos consecutivos. Esse feito lhe rendeu uma carta de cumprimento da Federação Internacional de Futebol (FIFA) e comparações com Pep Guardiola pela imprensa internacional.

comentários ( 0 )

*Deixe Seu Comentário*